Cover

O primeiro-ministro e líder do partido islâmico-conservador APK, Recep Tayyip Erdoğan, venceu a primeira volta das primeiras eleições presidenciais diretas na Turquia, no dia 10 de agosto, com 51,96 por cento dos votos. Os outros candidatos, o secularista e nacionalista Ekmeleddin Ihsanoğlu e o político curdo Selahattin Demirtaş, obtiveram 38,33 por cento e 9,71 por cento, respetivamente. A taxa de participação foi de cerca de 73 por cento, realça o Sabah.

Na sua versão em inglês, o diário pró-governamental observa que –

a vitória merecida de Erdoğan confirma, uma vez mais, a sua liderança e sua popularidade. […] Enquanto presidente, Erdoğan focar-se-á na resolução da questão curda, acelerando o processo [de adesão] à UE. Vai continuar a desafiar o status quo nacional e regional e a reforçar o papel central da Turquia a nível político e económico.