Cover

"Europa: Hollande calcula os seus trunfos", afirma o Libération, em véspera do Conselho Europeu de Bruxelas, no dia 30 de agosto, no âmbito do qual o presidente francês deverá solicitar a realização de uma cimeira da zona euro “com a maior brevidade possível [para] traçar uma nova trajetória de redução de défices e para sair do ‘longo período de estagnação’ que ameaça a UE”. Segundo o diário parisiense, Hollande “pretende aproveitar a fraqueza passageira da Alemanha para federar os sociais-democratas europeus e retomar a liderança”, uma vez que está “convencido de que levar a cabo uma política de crescimento sem o apoio de outros membros seria um fracasso”:

a aposta de François Hollande passa por criar condições favoráveis para uma possível política de recuperação económica de âmbito europeu, aliviando a pressão relativamente às políticas orçamentais.