Cover

Um dos poucos jornais europeus que não dedicou a sua primeira página às manifestações no Egito, o Daily Telegraph revela a existência do "bando do 11 de setembro”. Segundo o jornal, que se baseia em documentos revelados pelo Wikileaks, "na véspera das atrocidades, três naturais do Qatar identificaram os alvos, proporcionaram "apoio" aos conspiradores e tinham bilhetes de avião com destino a Washington". Os três homens, que tinham viajado dos EUA para Doha, passando por Londres, ainda são procurados pelo FBI. A existência destes três suspeitos de terrorismo seria revelada através de um telegrama entre a embaixada dos EUA em Doha e o departamento de segurança interna dos EUA.