Cover

O presidente italiano Giorgio Napolitano apresentou a sua demissão no dia 14 de janeiro, informa o La Repubblica. Com quase 90 anos, Napolitano declarou na sua última mensagem de Ano Novo que estava consciente das “limitações e dificuldades crescentes” provocadas pela sua idade e que se iria resignar no final da presidência rotativa da UE da Itália, que terminou no dia 13 de janeiro.

O agora senador vitalício foi eleito em 2006 e reeleito em 2013, um caso único em Itália.

O Parlamento, juntamente com os representantes das 20 regiões do país, deverá reunir-se para eleger o seu sucessor no dia 29 de janeiro. Entretanto, o presidente do Senado, Pietro Grasso, assegura a presidência interina, acrescenta o diário de Roma.