Cover

“A Croácia entrará na zona euro o mais tardar em 2017”, anuncia o Vjesnik. O diário relata que, pela primeira vez, o país recebeu uma data aproximada para a sua adesão à União Europeia. Será em 2013 ou 2014, desde que consiga concluir as negociações este ano. A seguir, asseguram economistas contactados pelo jornal, a Croácia poderá preencher os critérios de adesão à moeda única. "A Eslovénia”, que adotou o euro três anos após a sua entrada na UE, "é o melhor exemplo de uma entrada rápida na zona euro". "A entrada na zona euro é o objetivo estratégico da Croácia, mas não resolverá todos os problemas", previne contudo o Vjesnik.