Cover

Andrzej Duda, o candidato do partido conservador da oposição Direito e Justiça (PiS), venceu a primeira volta das eleições presidenciais, no dia 10 de maio. Algo “surpreendente”, escreve o Gazeta Wyborcza, que acrescenta que Duda obteve 39,69% dos votos. O presidente cessante, Bronisław Komorowski, apoiado pela Plataforma Cívica, o partido de centro-direita no poder e que era apontado como favorito, obteve 29,14% dos votos. O candidato independente e antiga estrela do rock, Paweł Kukiz, obteve 21,28%.

“É um grande aviso para toda a equipa no poder”, declarou Komorowski, que enfrentará Duda na segunda volta das eleições no próximo 24 de maio. Para a maioria dos comentadores, o resultado da primeira volta constitui “um balde de água fria” para Komorowski e os seus aliados e poderá provocar um “sismo político” na Polónia, antes das eleições legislativas deste outono.

Adam Michnik, diretor do diário de centro-esquerda Gazeta Wyborcza afirma, por sua vez, que

a primeira volta indica que a Polónia poderá voltar a acabar nas mãos de pessoas irresponsáveis e incompetentes.