Este mapa, de Giulio Zucchini, mostra quem os europeus pensam que deveria tomar decisões no que diz respeito à imigração. Segundo o inquérito, realizado em todos os Estados-membros em setembro de 2015, quase dois terços acham que as decisões sobre a imigração devem ser tomadas no âmbito da UE, em vez de a nível nacional, enquanto oito em cada 10 declaram que os requerentes de asilo devem ser “melhor distribuídos entre todos os Estados-membros da UE”. No entanto, as respostas variam consideravelmente de um país para outro.

Entretanto, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, convocou uma mini cimeira com os líderes da Alemanha, Áustria, Bulgária, Croácia, Grécia, Hungria, Macedónia, Roménia, Sérvia e Eslovénia para discutir o fluxo de refugiados ao largo da rota dos Balcãs ocidentais. “O objetivo da reunião será chegar a um acordo sobre as conclusões operacionais comuns que poderiam ser imediatamente colocadas em prática”, disse um porta-voz da Comissão.