Cover

"Geração ‘à rasca’ arrasta pais e avós para a rua”, foi a manchete do Público depois da manifestação de sábado, 12 de março, que juntou pessoas de todas as idades e de todos os quadrantes políticos para protestarem contra a precariedade e o desemprego. Lançada inicialmente no Facebook por quatro jovens a que se juntaram, depois, anarquistas, nacionalistas, sindicatos e movimentos não partidários, os protestos simultâneos em Lisboa, Porto e noutras cidades portuguesas juntaram cerca de 300 mil pessoas, segundo estimativas não oficiais. As manifestações tiveram lugar num momento decisivo para Portugal, que espera ajuda financeira da UE para equilibrar o seu orçamento, sublinha o diário lisboeta. Na sexta-feira, 11 de março, o Governo anunciou um novo pacote de medidas de austeridade, algumas das quais afetam diretamente os reformados, que poderá desencadear uma crise política no país.