Parece que "Nossa Senhora contra Madonna.O ícone pop anti-virgem." O Handelsblatt anuncia os protestos de um fervoroso movimento católico de cidadãos polacos que se opõe à realização do concerto da cantora norte-americana em Varsóvia no próximo dia 15 de Agosto, festa da Assunção de Nossa Senhora. Para os seus opositores, "Madonna representa o anti-ícone da Mãe de Deus […] ao ridicularizar constantemente em palco os símbolos católicos e ao ser absolutamente perversa”, explica o diário alemão. Mas não é certo que estes protestos consigam impedir a realização do concerto. Nem sequer contam com o apoio do presidente conservador, Lech Kazcynski, nota o Handelsblatt, que, no entanto, revela uma outra personalidade polaca que declarou "querer apoiar totalmente os que estão contra o concerto": "Lech Walesa, o ídolo dos trabalhadores".