Cover

”A verdade é para ser dita”, titula o Dagens Nyheter, que dedica a sua primeira página aos graves problemas financeiros que afetam a Saab, a construtora automóvel sueca. A produção foi interrompida terça-feira, 5 de abril, "até nova ordem", na fábrica de Trollhättan, devido à falta de pagamento às empresas subcontratantes. "A direção procura desesperadamente arranjar dinheiro, continua tudo suspenso e as empresas subcontratadas preparam-se para vir exigir os pagamentos em pessoa", afirma o diário. No entanto, o presidente da empresa, Victor Muller, "não avança qualquer informação concreta sobre a verdadeira situação financeira da Saab", lamenta o jornal, ao constatar que esta falta de transparência "atinge a marca". Dia 4 de abril, Victor Muller assegurou ao Dagens Nyheter que estas paragens de produção representam simplesmente um "pequeno contratempo matinal" para a Saab e que "não há motivos para as empresas subcontratantes e a imprensa sueca se preocuparem".