Cover

A organização da quinta edição do encontro da Juventude Húngara da Transilvânia (TMA), que se realiza de 5 a 9 de Agosto, em Gheorghieni, na Roménia, já está a ser um foco de tensões – escreve o diário romeno Evenimentul Zilei.

Entre os 10 mil jovens magiares oriundos de toda a Europa, aguarda-se a presença do convidado de honra, Vona Gabor, presidente do Jobbik, o partido de extrema-direita húngaro."Extremismo húngaro à custa dos romenos?", pergunta o diário, que constata o facto de a organização do encontro ter sido financiada com dinheiro público."De maneira nenhuma", contrapõe o presidente da TMA:"Convidámos o Jobbik para ficarmos a saber como é que um partido passa de 1 a 15%, que foi o resultado que obtiveram nas últimas eleições europeias!"