Cover

Alteração do programa das eleições autárquicas espanholas de 22 de maio: "Bildu presente nas eleições", anuncia El Correo. A 5 de maio, o Tribunal Constitucional espanhol validou, com seis votos a favor e cinco contra, as 254 candidaturas da coligação formada pelos dois partidos nacionalistas e pelos membros da esquerda independentista basca. Esta decisão anula a decisão tomada pelo Supremo, a 1 de maio, de interditar estes candidatos, pela sua proximidade com o Batasuna, o partido político ligado ao grupo terrorista ETA e proibido em 2003. O Tribunal Constitucional optou por uma "democracia sem exclusões", estima o diário basco. "O direito à participação política sobrepôs-se à suspeita que pendia sobre o Bildu". El Correosublinha, no entanto, que "a integração democrática da esquerda independentista transformou-se numa questão delicada para os tribunais" e que a aceitação desta decisão pela sociedade espanhola irá permitir mostrar à esquerda independentista "a solidez do sistema democrático e de uma sociedade que não permite que os fundamentalistas façam troça da liberdade".