Cover

"Em fins de 2008, a despeito das advertências da Rússia, a Roménia exportou para a Geórgia armas de infantaria e granadas antitanque, no valor de 3,6 milhões de euros", revelao Cotidianul, por ocasião do primeiro aniversário da guerra relâmpago entre russos e georgianos.

Este diário cita um funcionário da Secção de Armas Convencionais, da Agência Nacional de Controlo das Exportações, que confirma o montante e que especifica que não pode confirmar vendas efectuadas em 2009, porque "o relatório não está concluído". Bucareste terá começado a vender armas em 2006. "Estas exportações não são ilegais", salienta o Cotidianul, "mas poderão envenenar as nossas relações com Moscovo." Com efeito, os russos acabam de ameaçar a Ucrânia com sanções económicas, se este país continuar a fornecer armas a Tbilissi.