Cover

“Imigrantes legais”, titula o Gazeta Wyborcza, descrevendo um plano do governo que anuncia uma amnistia para os imigrantes ilegais na Polónia. Segundo o diário de Varsóvia, a nova lei fazia inicialmente parte de um projeto de lei sobre imigração mais amplo. Receando que uma proposta tão ambiciosa implicasse uma perda de votos nas eleições legislativas do próximo outono, o governo quis propor a amnistia separadamente. As estimativas apontam para uma variação muito ampla do número de imigrantes não documentados em território polaco, que varia entre os 40 mil e os 400 mil. Se for aprovada, a nova lei ajudará a verificar esse número, garantindo direitos de residência temporária – incluindo emprego legal – para quem tiver estado continuamente no país desde dezembro de 2007 ou, nos casos das pessoas a quem foi recusado o estatuto de refugiado, desde 1 de janeiro de 2010.