Cover

“O declínio de Portugal levanta novas preocupações na Irlanda”, traz em manchete o diário Irish Times, após a agência de notação Moody’s ter classificado comolixo a dívida do Estado português no dia 6 de julho. Após um dia de agitação no mercado na sequência do declínio, o custo teórico do empréstimo solicitado pelos irlandeses atingiu novos níveis, com os Rendimentos das Obrigações irlandesas a dois anos a aumentar para 15,30% e os rendimentos a dez anos para 12,43%. Para uma Irlanda sem dinheiro, obrigada a desistir dos mercados das obrigações após o resgate de 85 mil milhões de euros da UE/FMI em 2010, o declínio torna ainda mais difícil o seu improvável regresso aos negócios até 2013. “Embora a Moody’s tenha insistido na noite passada que continuam a existir “diferenças significantes” entre os países mais fracos da zona euro, alguns analistas em Dublin disseram que a Irlanda será provavelmente a próxima a ver a notação da sua dívida de Estado classificada como lixo.