Cover

Um dos mitos mais divulgados em Itália é de que "os imigrantes roubam empregos ao povo italiano". Um estudodo Banco de Itália divulgado pelo Corriere della Seradestrói definitivamente essa teoria, ao comprovar que "o crescimento da presença estrangeira em Itália nos últimos anos não se tem reflectido em menos oportunidades de emprego para italianos", antes incentivou "mais espaço de emprego".

De acordo com o estudo, nos últimos dez anos o fluxo de imigrantes ajudou a contrapor o progressivo envelhecimento da população. Isso tornou possível suster a economia e dar novas oportunidades aos italianos, especialmente as mulheres e os cidadãos com mais habilitações. As mulheres beneficiaram da presença de mais serviços para crianças e de apoio a idosos "devido à presença de estrangeiros". Mais uma razão, de acordo com o Banco de Itália, para se tratar com cuidado da integração e dar atenção às gerações mais novas. "As novas gerações de estrangeiros representam uma grande parte da mão-de-obra futura do país, mas têm taxas significativas de insucesso escolar".