Cover

Para proteger os europeus contra os efeitos dos produtos químicos, será necessário sacrificar 54 milhões de animais de laboratório na próxima década e não 2,5 milhões como se considerava originalmente?”, interroga-se oLe Monde . O diário francês diz que, de acordo com dois cientistas, a Europa terá dificuldade em aplicar o regulamento REACH. Este obriga a indústria química a provar que os produtos postos no mercado antes de 1981 não são perigosos para a saúde ou o ambiente.

Num artigo publicado pela revista científica Nature, o toxicologista Thomas Hartung e a engenheira química Costanza Rovida, previnem que “a toxicologia regulamentar não tem nem as tecnologias de alto débito nem as técnicas alternativas para a experimentação animal que permitem atingir o objectivo”. A indústria química já “pré-registou” 140 mil substâncias a analisar.