Cover

"Barroso gostaria de ser o Moisés da União Europeia", [titula](http://: http://zpravy.idnes.cz/sef-komise-barroso-by-rad-byl-mojzisem-evropske-unie-f9w-/zahranicni.asp?c=A090904_090533_zahranicni_btw)o *Mladá Fronta DNES**.*O jornal relembra que o presidente demissionário da Comissão, que afirmou querer *"fazer tudo para sair da crise",* pode contar com o apoio dos chefes de Governo dos 27 e dos deputados europeus de centro-direita. Em Junho, os eurodeputados de esquerda impediram a sua reeleição "*para provarem que o Parlamento não é um fantoche da Comissão e na esperança de encontrarem um candidato alternativo forte*".

O problema agora é a altura da eleição, visto que, como sublinha o diário checo, "ninguém sabe como a UE irá funcionar a partir de Janeiro".O Tratado de Lisboa irá mudar as regras do jogo e, nessa matéria, os irlandeses vão ser decisivos no referendo do dia 2 de Outubro.O resultado irá influenciar a ratificação pelos presidentes polaco e checo. É possível que o presidente da Comissão seja eleito segundo as regras actuais e que os comissários sejam designados segundo as do Tratado de Lisboa. "Uma coisa é certa: Barroso adora o posto",conclui o MF Dnes, sendo pois "muito provável que o mantenha nestes próximos cinco anos".