Eleições alemãs 2013

“A classe média esquecida”

Publicado em 13 Setembro 2013 às 13:14

Cover

A uma semana das eleições legislativas, o Handelsblatt deplora o facto de a classe política alemã não se interessar o suficiente pelas classes médias:

A campanha é dominada pelo tema da “justiça social”. Fala-se dos problemas dos meios desfavorecidos e do luxo dos ricos. Mas ninguém menciona a classe média, apesar de esta garantir a estabilidade da sociedade alemã desde o final da guerra fria e de ser o motor da primeira economia na Europa.
O diário recorda que há 15 anos, os chefes de empresas, os engenheiros e os professores faziam parte do que os sociais-democratas do antigo chanceler Gerhard Schröder chamavam de “novo centro.” No entanto, as reformas da “Agenda 2010” recriaram uma classe média mais pobre e uma classe média mais abastada. “Foi assim que o novo centro se tornou o centro esquecido”, constata o Handesblatt.

Newsletter em português

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico