Camiões gigantes ameaçam a Europa

Publicado em 2 Julho 2009 às 14:30

As estradas da Europa serão em breve percorridas por camiões gigantes de 60 toneladas e com 25 metros de comprimento? É possível, segundo o Die Presse, que se mostra alarmado pelo facto de os construtores de pesados fazerem “lobbying" intenso junto da Comissão Europeia para obterem a autorização de circulação. "No seu primeiro relatório, a Comissão pronunciou-se a favor dos ‘Gigaliner’, escreve este diário de Viena, que receia que, “agora que está a presidir à União, a Suécia, e os seus construtores Volvo e Scania, possam aumentar ainda mais a pressão”.

A Suécia é, juntamente com a Finlândia, o único país europeu onde os EuroCombi – como também são conhecidos – já circulam. Na UE, as opiniões dividem-se: a Dinamarca, os Países Baixos e a Bélgica são a favor; a Áustria, a Alemanha e alguns outros países da Europa Central são contra. “A longo prazo, os custos serão enormes: muitas estradas não têm capacidade para suportar pesos de 60 toneladas”, salienta-se em Viena. E acrescenta-se que seria necessário reconstruir estradas, pontes e curvas demasiado estreitas. Os camiões actualmente em circulação, destaca o Die Presse, são de 18 metros e 40 toneladas, no máximo.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico