José Manuel Barroso

"Despedida europeia"

Publicado em 22 Outubro 2014 às 15:56

Cover

José Manuel “Durão Barroso invoca “boa folha de serviço" numa década que fortaleceu a UE”, escreve o Público, citando as declarações do presidente cessante da Comissão Europeia, no dia seguinte ao seu último discurso no Parlamento Europeu, no dia 21 de outubro, após dois mandatos de cinco anos.
Barroso afirmou que a UE, que passou de 15 para 28 membros neste período, teve de “enfrentar uma crise sem precedentes e sem instrumentos para lidar com ela”, mas que acabou por sair mais “fortalecida, com competências que antes da crise seriam inimagináveis”.
No entanto, acrescenta o diário lisboeta:

nem todos os que o ouviram concordaram. Foi criticado por não referir o desemprego, pelo aumento do euroceticismo e pela falta de confiança dos cidadãos no projeto europeu.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico