Donald Tusk arruma a casa

Publicado em 8 Outubro 2009 às 15:14
Rzeczpospolita, 8 de Outubro de 2009

Cover

Donald Tusk, demitiu seis ministros, os seus assistentes mais próximos e membros do círculo íntimo da Plataforma Cívica, no poder, diz o Rzeczpospolita. em título. Isto segue-se à saída de outra figura sénior, cabeça do partido parlamentar. Políticos proeminentes da Plataforma Cívica encheram as primeiras páginas dos jornais por diversos dias, desta feita com um escândalo sobre o jogo sujo na preparação de um projecto de lei sobre jogo. O Departamento Central Anticorrupção (CBA), dirigido por Mariusz Kaminski, próximo do partido Lei e Justiça, apresentou alegações de pressões ilegais, apoiadas por gravações de negociações secretas entre dirigentes partidários do poder e operadores dos negócios de jogo. Quanto a Tusk, nega que a remodelação tenha a ver com as acusações contra aos seus ministros.

O anúncio de que aprovará uma comissão parlamentar especial para investigar o escândalo do jogo é uma tentativa, diz ele, de “desanuviar a atmosfera” em torno do seu partido e do Governo e recuperar a confiança pública. “O primeiro-ministro provou ser um líder eficaz, mas os próximos meses mostrarão se é um grande político”, empolga-se o Polska. O Rzeczpospolita considera que o primeiro-ministro abandonou a chamada “política do amor” e entrou na senda da guerra contra a oposição antes da eleição do próximo ano. Entalado pelas alegações do CBA em relação aos seus correlegionários de partido, a sua súbita decisão de fazer rolar a cabeça de Kaminski é comentada menos como uma manobra política do que como a primeira manifestação dessa campanha.

Newsletter em português

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico