Escutas americanas

“Para nós, o pior fruto da ditadura são os serviços secretos”

Publicado em 6 Dezembro 2013 às 13:52

Cover

Perante as novas revelações contidas nos documentos divulgados por Edward Snowden, segundo os quais a NSA norte-americana localiza todos os dias cerca de cinco mil milhões de dados de utilizadores de telemóveis em todo o mundo, as vítimas da Stasi, os serviços secretos da antiga Alemanha de Leste, reagem. “Catorze antigos defensores dos direitos cívicos da RDA publicam um apelo” contra a espionagem, no jornal Tageszeitung:

Apelamos aos cidadãos responsáveis do nosso país – quer tenham crescido na RDA ou na RFA: não permitam que uma rede internacional de serviços secretos possa, sob a bandeira da democracia ou sob o pretexto da luta contra o terrorismo, dirigir contra os cidadãos armas com as quais uma democracia pode, num abrir e fechar de olhos, ser transformada em ditadura. Façamo-nos ouvir, atuemos contra a nossa própria resignação e contra o servilismo na política – vivemos a condenação à morte de uma ditadura, seremos absolutamente capazes de manter viva uma democracia.

Newsletter em português

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico