Conselho Europeu

Será Cameron capaz de controlar o orçamento da UE?

Publicado em 28 Outubro 2010 às 10:21

Cover

“Nova tempestade orçamental por causa do despesismo de Bruxelas”, titula [The Times](http://www.thetimes.co.uk). Apesar de o orçamento da UE não estar formalmente na ordem de trabalhos da Cimeira do Conselho Europeu de 28-29 de outubro, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, vai “implorar aos líderes europeus para que vivam dentro das suas posses e abrandem os planos de aumento de 6% nos gastos gerais da UE, que passariam para 130 mil milhões de euros por ano”. David Cameron está sob forte pressão por parte da fação eurocética do seu partido, que exige cortes no orçamento da UE e a devolução de poderes ao Reino Unido. O diário londrino nota que David Cameron “não será capaz de impedir um aumento inferior a 2,9%, já aprovado pelo Conselho Europeu, que irá levar a um aumento da contribuição britânica na ordem dos 572 milhões de euros para o próximo ano — apesar de os departamentos governamentais britânicos sofrerem cortes de 25%."

Tags

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico