Tempestade no deserto: Islamitas levam guerra do Mali para a Argélia

Publicado em 17 Janeiro 2013 às 10:12

Cover

Um britânico e um francês foram mortos por militantes islamitas que atacaram um remoto local de extração de gás explorado pela BP, Statoil e Sonatrach na Argélia e fizeram reféns 41 trabalhadores ocidentais e asiáticos. A ação, aparentemente uma vingança contra a intervenção militar francesa no vizinho Mali, provocou o receio de uma guerra contra o Ocidente nos desertos do Norte de África.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico