“A armadilha dos juros”

Publicado em 5 Abril 2013 às 10:55

Cover

O diário económico consagra um dossiê ao “mito alemão” do pequeno aforrador que pode desabar perante a crise financeira.
“Os alemães fazem poupanças até se tornarem pobres”, escreve o jornal, que explica que “é com uma política de dinheiro que não custa caro que os banqueiros centrais e os políticos lutam contra a crise financeira. Os Estados e os bancos beneficiam com isso mas há quem o pague: o aforrador alemão”.
Este último está num “impasse” porque o seu bem perde valor. De facto, mais de um terço dos alemães perderam a confiança nas suas contas-poupança por causa da crise cipriota e 59% já não acredita que a chanceler alemã Angela Merkel possa proteger as suas poupanças.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico