Reino Unido

“A loucura dos direitos humanos chega ao fim”

Publicado em 3 Outubro 2014 às 12:13

Cover

O Governo britânico apresenta hoje, dia 3 de outubro, os seus planos para reduzir o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem a um “orgão consultivo”, uma ação que “acabaria com a sua intervenção nos nossos assuntos”, escreve o Daily Express.
Os juízes de Estrasburgo “deixarão de poder interferir no Reino Unido” depois de o Governo conservador introduzir uma nova lei sobre direitos e responsabilidades que mudará a aplicação da legislação dos direitos humanos. O tabloide conservador indica que, segundo a proposta,

se os juízes rejeitarem tal iniciativa, o Reino Unido abandonará a Convenção Europeia dos Direitos do Homem e, como consequência, o país deixaria de fazer parte da jurisdição do Tribunal. […] Não há dúvida de que este projeto vai desencadear a ira dos liberais-democratas, dos trabalhistas e dos ativistas dos direitos humanos, mas no geral a iniciativa foi muito bem recebida [...] pelos deputados conservadores, que dizem que os eleitores estão fartos de que os juízes estrangeiros se aliem aos imigrantes ilegais, a suspeitos de terrorismo e criminosos.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico