Crise da dívida

Espanha não poupa a Alemanha

Publicado em 13 Julho 2011 às 12:36

Cover

"O BCE intervém", traz o La Vanguardia em título, na sequência do ataque dos mercados contra as dívidas espanhola e italiana. O BCE interveio, na verdade, para travar esse ataque, através da compra de ações de ambos os países. O primeiro-ministro espanhol afirmou em Madrid, na presença de Herman van Rompuy, salienta o La Vanguardia, que "os países poderosos" devem assumir as suas responsabilidades na crise do euro, fazendo clara referência à Alemanha de Angela Merkel e às suas reticências sobre a participação dos bancos privados no segundo plano de apoio à Grécia, uma questão "central e decisiva", segundo Zapatero. Para o diário, é uma "mensagem socialista" para "a entrada em cena de uma Espanha resistente". No seu editorial, o La Vanguardia considera que, dada "a inquietante falta de governação" na UE, o presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy faz bem em convocar uma reunião de emergência para este fim de semana em Bruxelas, "especialmente após o triste espetáculo dado pelos ministros das Finanças” europeus na sua reunião de 11 de julho.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico