Cover

Fragilizados pelas confissões do antigo ministro do Orçamento Jérôme Cahuzac, indiciado por “branqueamento de fraude fiscal”, o Presidente da República francesa, François Hollande, e o seu primeiro-ministro Jean-Marc Ayrault devem “arranjar uma solução para a profunda crise que destabiliza as cúpulas do Estado”, estima o diário.
A oposição de direita acusa os dois dirigentes de “cumplicidade” ou de “candura” e muitos membros da direita e da esquerda pressionam François Hollande para remodelar o seu Governo.
“Resta encontrar a altura mais adequada: antes ou depois do verão?”, realça o jornal, que observa que

de um ponto de vista geral, não são muitos os que acreditam nas virtudes de uma remodelação. […] Por isso mais vale não ligar às críticas e não agir. Por enquanto.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico