“Nova estrela política da Gronelândia ganha eleições por margem folgada”

Publicado em 13 Março 2013 às 11:12

Cover

Segundo os resultados definitivos das eleições legislativas de 12 de março na Gronelândia, o Siumut (social-democrata) obteve 42,8% dos votos, contra 34,4% para os socialistas do Inuit Ataqatigiit, atualmente no poder. A taxa de participação foi de 74,2%.
Se o Siumut conseguir uma coligação, a Gronelândia será governada, pela primeira vez, por uma mulher, a líder do partido Aleqa Hammond, de 47 anos.
A questão da exploração das matérias-primas esteve no centro da campanha eleitoral, escreve o diário no seu sítio da Internet: “Hammond […] defende que a Gronelândia deve ser paga desde o primeiro dia em que as empresas estrangeiras comecem a explorar os recursos do subsolo.”

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico