“Os dez mandamentos de Bruxelas a Hollande”

Publicado em 30 Maio 2013 às 09:47

Cover

Como tinha anunciado no início de maio, a Comissão Europeia concedeu mais dois anos à França para reduzir o seu défice abaixo dos 3% do PIB, com a condição de Paris fazer profundas reformas para reduzir as despesas públicas e relançar a competitividade.
O reordenamento das finanças públicas e a redução dos custos do trabalho estão, no entanto, no centro da “mensagem de exigência” enviada pela Comissão a Paris, segundo as palavras de Durão Barroso.
No seu editorial, Le Figaro insurge-se:

Apesar de já termos assistido a quase tudo, há espetáculos que desconcertam. Ver a França sentada no banco dos cábulas da Europa, ao lado da Espanha, da Polónia e da Eslovénia a receber uma lista de reformas para fazer não é um dos mais pequenos!

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico