Radiohead contra a Comissão

Publicado em 12 Julho 2012 às 12:40

Os artistas de algumas das bandas de rock mais conhecidas a nível mundial – incluindo Radiohead e Pink Floyd – acusaram a Comissão Europeia de “quebrar promessas” sobre os direitos de autor que faltam aos músicos, relata o Daily Telegraph. Isto segue-se a um projeto de lei, sobre como os direitos de autor podem ser geridos, que foi anunciado pela Comissão ontem. O diário londrino escreve que

as leis são criadas para obrigar as empresas que gerem os direitos de autor em nome dos artistas a cedê-los o mais rapidamente possível. As chamadas “sociedades de gestão coletiva” foram acusadas, pela Comissão, de manter somas substanciais de dinheiro nos seus registos.

No entanto, os projetos de lei darão 12 meses às sociedades – após o ano financeiro em que a música foi introduzida no mercado – para pagar os direitos de autor.

Numa carta dirigida à Comissão, estrelas de rock furiosas relativamente aos atrasos de pagamento de direitos de autor, como Nick Mason dos Pink Floyd, declararam:

Quebraram a vossa promessa e incentivaram a gestão dessas sociedades a guardar os frutos da nossa criatividade. Estão desta forma a permitir um dos meios mais problemáticos de desvio de fundos adotados por algumas sociedades de gestão coletiva na Europa.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico