Gibraltar

“UE exige investigação sobre o contrabando em Gibraltar”

Publicado em 11 Agosto 2014 às 13:39

Cover

O Organismo Europeu de Luta Antifraude (OLAF) recomendou às autoridades britânicas e espanholas a abertura de uma investigação judicial relativamente ao contrabando de tabaco e branqueamento de capitais em Gibraltar, informa o El País. A organização antifraude enviou os seus inspetores para o enclave britânico no sul de Espanha no âmbito de uma missão da Comissão Europeia que também analisou os controlos fronteiriços, motivo de disputa entre os dois países em 2013. Para o diário madrileno,

o reconhecimento europeu de que existe esta atividade criminosa e de que deve ser investigada judicialmente representa um triunfo para o governo espanhol, que justifica os controlos aduaneiros na fronteira entre Espanha e Gibraltar com a necessidade de lutar contra o contrabando de tabaco e, além disso, denuncia o regime fiscal de Gibraltar, que facilita o branqueamento de capitais e a evasão fiscal.

Newsletter em português

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico