Um pastor "gay-friendly"

Publicado em 30 Julho 2013 às 14:17

"Se uma pessoa é gay e procura o Senhor com boa vontade, quem sou eu para julgá-la?", declarou o papa Francisco aos jornalistas que o acompanhavam no avião que o trouxe do Rio de Janeiro, onde presidiu às Jornadas Mundiais da Juventude.
O pontífice acrescentou que "os homossexuais devem ser integrados na sociedade", no que poderá ser o prenúncio de uma grande mudança de posição da Igreja católica em relação a uma população que a instituição tem frequentemente rejeitado.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico