Westerwelle defende adesão da Turquia

Publicado em 23 Setembro 2010 às 12:13

Cover

"Westerwelle recomenda à UE a aceitação da Turquia", afirma The Wall Street Journal. Numa entrevista a este diário económico americano, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Alemanha, Guido Westerwelle, apelou à União Europeia para que esta acelere as conversações com a Turquia sobre o pedido de adesão daquele país. Segundo Westerwelle, a recente reforma constitucional ali realizada "é um passo na direção certa. Mostra que a Turquia quer um futuro europeu e tem uma perspetiva europeia". Estas declarações deverão ensombrar as relações já tensas de Westerwelle com a sua parceira de coligação, a Chanceler Angela Merkel, que se opõe firmemente à adesão da Turquia. "Devemos reconhecer que o equilíbrio de poder do mundo está a mudar", declarou o ministro. "Por vezes, fico espantado com a segurança com que alguns países que hoje são influentes tomam como garantido que as coisas serão sempre assim."

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico