República Checa

“100 dias de Governo: 82 executados”

Publicado em 18 Outubro 2013 às 12:00

Cover

O Governo temporário de Jiří Rusnok, que governa há dois meses sem ter sido investido pela Câmara dos deputados, age nos ministérios como um “comando de invasão”, deplora o Mladá Fronta Dnes.

Segundo o diário, que qualifica este fenómeno de “purga”, 82 altos funcionários e quadros de empresas públicas foram substituídos. Uma “purga” sem precedentes que pesa no orçamento devido aos prémios de partida.

O jornal recorda que a República Checa continua a ser o único país da UE que não aprovou nenhuma lei sobre a função pública, que “protegeria os funcionários dos políticos […] e garantiria que o pessoal dos ministérios não mude com cada novo Governo”.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico