“A Andaluzia vai expropriar habitações pertencentes aos bancos para travar expulsões”

Publicado em 10 Abril 2013 às 09:08

Cover

O governo regional da Andaluzia, de coligação de esquerda (Partido Socialista e Esquerda Unida) decidiu apoderar-se de habitações pertencentes aos bancos, por um período de três anos, quando as famílias que moram nelas “correm o risco de serem excluídas” e expulsas.
Esta decisão, que entrará em vigor a 11 de abril, surge numa altura em que é discutida a nova lei sobre os créditos bancários no parlamento. Esta prevê multas para os bancos que dispõem de habitações vazias e recusam alugá-las.
Enquanto o Tribunal Europeu de Justiça condenou a Espanha, em março, em relação às expulsões, “a constitucionalidade da decisão [do governo da Andaluzia] divide os juristas”, realça o jornal, porque esta “poderá comprometer o direito à propriedade privada”.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico