A recuperação

Publicado em 16 Setembro 2013 às 16:00

O resgate do Costa Concordia começou hoje, 16 de setembro, na ilha de Giglio, ao largo da Toscana, perante jornalistas de todo o mundo.

A operação começou pelo parbuckling do navio: trata-se de endireitar o navio, que inclinou ao encalhar, com a ajuda de cabos de aço para o fazer assentar sobre a plataforma colocada horizontalmente e estabilizá-lo com caixas metálicas soldadas ao longo dos flancos. Esta é a maior operação do género realizada até hoje, por causa do tamanho da embarcação (286 metros de comprimento) e do custo estimado em 600 milhões de euros.

O paquete naufragou a 11 de janeiro de 2012 depois de ter embatido contra um rochedo, provocando 30 mortos e dois desaparecidos. O capitão, Francesco Schettino, está a ser julgado por homicídio involuntário.

Newsletter em português

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico