Coligação apoiada pela extrema-direita

Publicado em 29 Setembro 2010 às 10:59

Cover

"Wilders reivindica participação histórica", titula o [Trouw](http://www.trouw.nl/) no dia seguinte ao acordo entre o Partido Cristão-Democrata (CDA), o Partido Liberal (VVD) e o Partido da Liberdade (PVV). O CDA e o VVD, que desde as legislativas do passado dia 9 de junho procuravam uma base de entendimento, formaram igualmente uma aliança à direita com o apoio suplementar do PVV, o partido islamófobo de Geert Wilders. Este último afastou assim os partidos de esquerda e vai desempenhar, com os seus 24 mandatos (52 para os dois outros partidos), um papel central na política do Governo provavelmente liderado por Mark Rutte, presidente do Partido Liberal. O Congresso dos cristãos-democratas, a ter lugar esta sexta-feira, irá determinar a continuidade ou o fim da coabitação entre o CDA e o PVV.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico