“Ébola: enfermeira de Madrid, primeira contaminada fora de África”

Publicado em 7 Outubro 2014 às 15:59

Cover

O Ministério da Saúde espanhol confirmou no dia 6 de outubro que a enfermeira que tratou do missionário Manuel García Viejo, que faleceu no dia 25 de setembro no hospital Carlos III de Madrid após ter sido infetado pelo ébola na Serra Leoa, contraiu o vírus, informa o ABC.
O diário espanhol explica que “se trata do primeiro caso de transmissão do vírus fora de África”. Cerca de trinta pessoas, que estiveram em contacto com a enfermeira, estão a ser vigiadas para garantir que não foram afetadas.
Está agora a ser investigada uma possível quebra dos protocolos de proteção. “Segundo fontes comunitárias”, acrescenta o ABC, a Comissão Europeia terá de pedir à Espanha

explicações sobre as circunstâncias da contaminação, já que os hospitais europeus devem estar “altamente equipados” para proteger o seu pessoal.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico