“Estes jovens já não veem o seu futuro em França”

Publicado em 12 Dezembro 2013 às 11:35

Cover

“Cada vez mais [pessoas] entre os 18 e os 35 anos decidem emigrar para tentarem a sua sorte em países mais dinâmicos. Os pedidos de vistos de jovens franceses para o Canadá, Estados Unidos e China, têm aumentado muito”, constata Le Figaro.

Uma tendência que se confirma também nas faixas etárias superiores: o diário sublinha que “dos 1,6 milhões de franceses inscritos [no registo mundial de franceses estabelecidos fora de França], em 30 de abril de 2013, 44% tinham entre 26 e 40 anos. Se deixaram o país foi, sobretudo, por razões profissionais”.

No seu editorial, o diário escreve que

a verdade é que o nosso país já não faz sonhar a juventude. Fechado sobre si mesmo, incapaz de se reformar sem drama para se adaptar ao mundo moderno, dá a dolorosa sensação de ceder ao conservadorismo e ao imobilismo.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico