“Revolução inglesa na Câmara dos Comuns”

Publicado em 10 Julho 2013 às 11:26

Cover

O Governo britânico quer dar aos deputados ingleses da Câmara dos Comuns o poder de veto em leis não relacionadas com a Escócia, o País de Gales ou a Irlanda do Norte, numa reforma que “reequilibrará muitíssimo o poder no parlamento”, escreve o jornal The Independent. O jornal explica que, com esta proposta de reforma constitucional, que deverá ser apresentada ao parlamento no outono,

os deputados ingleses poderão vetar legislação sobre temas fundamentais como seja a Educação, o Sistema Nacional de Saúde, Transportes e Ambiente, mesmo que tenha sido aprovada por uma maioria de deputados na Câmara dos Comuns. Esta mudança reequilibrará imenso o poder no parlamento – e pode resultar num futuro Governo Trabalhista incapaz de aprovar legislação importante sem contar com o apoio de outros partidos [porque um número significativo de deputados trabalhistas são galeses e escoceses].
Hoje, todos de deputados do parlamento do Reino Unido podem votar legislação que diz respeito a Inglaterra, mas os deputados ingleses não têm influência semelhante sobre as matérias votadas nos parlamentos e assembleias da Escócia, de Gales e da Irlanda do Norte.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico