Sem A

Publicado em 2 Dezembro 2013 às 20:37

A 29 de novembro, a agência de notação Standard & Poor's desceu a classificação da Holanda de AAA para AA+.

O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, classificou a decisão da agência como “dececionante”, escreve o jornal Het Financieele Dagblad, sublinhando que a atual taxa de juro das obrigações do Estado a dez anos – 2% - continua a ser “histórica e extremamente baixa”, prova da confiança dos mercados financeiros.

Hoje, os únicos países da zona euro que continuam a ter um AAA junto das três principais agências de notação (S&P, Moody's e Fitch) são a Finlândia, a Alemanha e o Luxemburgo.

Ao mesmo tempo, a S&P subiu um ponto a classificação a longo prazo de Chipre, para "B-", enquanto a perspetiva “negativa” da classificação "BBB-" de Espanha foi revista em alta por se ter tornado “estável”.

Newsletter em português

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico