Será que o ministro da Defesa tem umas orelhas muito grandes?

Publicado em 23 Novembro 2011 às 11:38

Cover

“Galko chegou ao fim”, titula o Pravda, no dia seguinte à notificação do ministro da Defesa pela primeira-ministra demissionária, Iveta Radičová. Ľubomír Galko é suspeito de escutas telefónicas a três jornalistas deste diário de Bratislava e ao diretor do canal de televisão TA3.

“A prática de escutas a jornalistas, legal ou ilegal, é incompatível com os princípios fundamentais de um Estado de Direito e da democracia”, declarou Iveta Radičová. Os principais jornais eslovacos publicaram um comunicado conjunto a condenar esta “ingerência contra a liberdade de imprensa” e a exigir “um inquérito a esta questão”.

Segundo revelações recentes do site Nový čas, os serviços de informação militares pretendiam chegar mais alto, numa operação batizada “A Dama”, que visava a própria Iveta Radičová. Teriam de recolher informação sobre a posição de Iveta Radičová num caso que punha em causa um alto funcionário do ministério da Economia que se demitiu devido a um conflito de interesses, adianta o Nový čas.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico