“Vamos contentar Bruxelas em 2015, mas ficaremos pior”

Publicado em 1 Outubro 2013 às 09:33

Cover

A Eslovénia tem de esperar até novembro para saber se o seu orçamento para 2014, aprovado a 30 de setembro, está conforme as regras da Comissão Europeia.

Liubliana comprometeu-se a manter o défice do país em 2,5% do PIB, mas isso depende de muitos fatores desconhecidos, o mais importante dos quais é o custo da reforma do sistema bancário.

Mas, mesmo que a Eslovénia cumpra as expectativas de Bruxelas, muito provavelmente não vai cumprir as expectativas do seu povo, com o crescimento económico a diminuir mais rapidamente no próximo ano, o número de desempregados a aumentar nos próximos dois anos e o crescimento dos salários reais a continuar negativo até 2015, escreve o Dnevnik.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico