“Islamitas respondem na Argélia”

Publicado em 17 Janeiro 2013 às 10:12

Cover

A França não confirmou a presença de cidadãos franceses nem a morte de um deles durante o assalto lançado a 16 de janeiro contra o poço de gás de In Amenas, na fronteira com a Líbia, por um grupo armado que se apresenta como a “katiba dos Moulathamine”. Os assaltantes disseram estar ligados à Al-Qaeda e exigiram o fim da intervenção militar francesa no Mali.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico