Espanha

“Novo partido espanhol ameaça acabar com o bipartidarismo e até ganhar eleições”

Publicado em 3 Novembro 2014 às 12:12

Cover

A um ano das legislativas espanholas, o novo partido Podemos, criado há oito meses, é dado como favorito numa recente sondagem publicada pelo El País, com 27,7% das intenções de voto, isto é, 1,5% mais do que os socialistas do PSOE e 7% mais do que o Partido Popular do Governo do primeiro-ministro Mariano Rajoy, informa o *Público. Segundo o Público, a formação liderada por Pablo Iglesias

já provocou um sismo sem precedentes na política espanhola e está em condições de rebentar com o tabuleiro eleitoral.
O diário lisboeta realça ainda que o sucesso do Podemos se deve maioritariamente ao facto de saber tirar partido dos erros dos outros. Uma vez que
42% [dos inquiridos] considera que o êxito do partido de Iglesias se deve à deceção e ao desencanto que os espanhóis têm com os outros partidos.
Segundo os sociólogos José Juan Toharia e José Pablo Ferrándiz, os partidos maioritários ainda podem dar a volta à situação. Acrescentam ainda que não devemos de forma alguma desvalorizar o que este movimento está em vias de alcançar: “uma restruturação do tabuleiro político nacional, com consequências imprevisíveis”.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico