“Rede gigantesca de corrupção”

Publicado em 22 Novembro 2013 às 12:26

Cover

Uma investigação de três anos conduzida pelo Departamento Central Anticorrupção (CBA) e por forças de polícia internacional revelou uma gigantesca rede de corrupção e de ‘sacos azuis’ usados por várias empresas internacionais de tecnologias de informação para subornarem os funcionários governamentais responsáveis pelas concessões nessa área, noticia o Rzeczpospolita.

Um antigo vice-ministro do Interior, por razões legais simplesmente identificado como Witold D, foi acusado de suborno a 21 de novembro, após uma série de prisões de altos funcionários, no início da semana.

O jornal *Rzeczpospolita” escreve que os funcionários que se recusavam a colaborar no esquema de suborno eram despromovidos e, depois, despedidos, e cita uma fonte não identificada do departamento Anticorrupção, que diz:

Newsletter em português

Isto é apenas o início. A CBA está a trabalhar e haverá mais prisões nos próximos três meses. Este caso vai abalar o mundo político e as empresas de tecnologia de informação.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico