“Uma revolta para a Europa”

Publicado em 2 Dezembro 2013 às 12:33

Cover

“Milhares de pessoas manifestam-se em Kiev contra o Governo e a sua posição anti-UE”, escreve o jornal Tageszeitung. O Presidente Viktor “Yanukovych atraiu a cólera de muitos ucranianos ao não querer assinar o acordo de associação desde há muito tempo negociado com a UE, por causa das pressões russas”, explica o diário. O jornal noticia que durante a manifestação de domingo, 1 de dezembro,

a mais importante na Ucrânia desde a revolução laranja, há nove anos, cerca de 350 mil pessoas exigiram a demissão do presidente ucraniano Viktor Yanukovych. A marcha transformou o centro de Kiev num mar de bandeiras azuis e douradas que simbolizam, ao mesmo tempo, a Ucrânia e a União Europeia.

O jornal acrescenta que as manifestações continuarão a 2 de dezembro. Milhares de opositores ao Governo passaram a noite de domingo em tendas na Praça da Independência da capital.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico