Manifestações contra os "ajustes" anti-crise

Publicado em 12 Novembro 2009 às 14:09
The Irish Times, 12 de Novembro de 2009

Cover

Depois de dois anos de recessão, nada resta da época dourada do crescimento de dois dígitos irlandês a não ser a sensação de que o país voltou ao início – desemprego de massas, emigração de massas e comboios que levam 4 horas a percorrer uns míseros 200 km, costa a costa. Com os cortes drásticos na administração pública anunciados para o orçamento de 2010, que visa reanimar a economia em recessão (-7,5% para 2009), o ambiente é de cortar à faca.

O Irish Times faz a primeira página, com a manifestação de ontem em Dublin dos funcionários públicos, a maior de uma série de protestos que irá culminar com a greve geral da função pública no próximo dia 24 de Novembro. Embora a Comissão Europeia tenha dado à Irlanda mais um ano para o restabelecimento das suas contas públicas, o primeiro-ministro Brian Cowen é implacável, afirmando num encantador oficialês que os "ajustes" – i.e. cortes – vão ser feitos agora, caso contrário "teríamos de considerar um ajuste ainda maior" mais tarde.

Newsletter em português

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico